EURMED: A PRIMEIRA PLATAFORMA EUROPEIA PARA DOAÇÃO DE MEDICAMENTOS A QUEM MAIS PRECISA

A Action Medeor (Alemanha), a IHP (Inglaterra) e a Fondazione Banco Farmaceutico (Itália), as três maiores organizações europeias sem fins lucrativos especializadas na doação de medicamentos em situações de emergência humanitária, lançaram a EURMED: a primeira plataforma europeia para a recolha de medicamentos destinados aos mais necessitados.

A partir de hoje será finalmente possível às organizações sem fins lucrativos que trabalham no cuidado aos mais carenciados de todo o mundo, contarem com um sistema seguro, rápido e eficiente que fornecerá os medicamentos adequados às suas necessidades. Isto será possível graças a um inovador sistema que garante à Indústria Farmacêutica monitorizar em tempo real o destino de cada medicamento doado.

Este projecto foi possível graças ao mesmo fio condutor que liga as três realidades. Action Medeor, IHP e Banco Farmacêutico, respectivamente as referências nacionais para a doação de medicamentos na Alemanha, Reino Unido e Itália, partilham, de facto, uma visão comum para servir o sector sanitário em toda a Europa e utilizam o mesmo processo para a doação de medicamentos. Em particular Action Medeor e IHP ocupam-se dos contextos de emergência sanitária e de projectos de socorro em todo o mundo. O Banco Farmacêutico está presente em Itália, Espanha e Portugal, empenhado na luta contra a pobreza sanitária.

Fundamental para o aparecimento do projecto foi o suporte da Johnson & Johnson Corporate Citizenship Trust que financiou a fase de startup da iniciativa. “A criação desta plataforma – declara Paolo Gradnik, presidente da Fondazione Banco Farmaceutico - favorecerá a doação de medicamentos por parte dos laboratórios farmacêuticos europeus. A partir de hoje será finalmente possível à Indústria Farmacêutica doar os medicamentos ainda válidos e perfeitamente utilizáveis, mas que por diversas razões não entram no circuito comercial.

Se os laboratórios farmacêuticos acolherem o nosso desafio podem chegar a uma quantidade de 5 milhões por ano o número de medicamentos destinados aos mais necessitados”.

Visite o site e saiba mais em www.eurmed.eu